Coleção

A Arquivista e Cristina Ribas prepararam uma indexação ou espalhamento do Arquivo de emergência para a Coleção organizada por Regina Melim.

Nesta Coleção artistas concebem carimbos que são expostos com papéis coloridos, assim cada visitante/participante faz a combinação que deseja entre os carimbos que deseja levar consigo, colocando dentro do envelope distribuído. A exposição já foi realizada em diversas cidades do Brasil: Florianópolis, Belém, Porto Alegre, São Paulo e em breve irá para o Rio de Janeiro.

colecao envelope 02657

ENVELOPE DA COLEÇÃO [“3kg”]

colecao texto 02660

TEXTO DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA

colecao geral 02662

… abrindo …

colecao 1 02667

A PARTICIPAÇÃO OU “indexação” do ARQUIVO DE EMERGÊNCIA

Reproduzimos uma ficha de catalogação de [E] EVENTOS e [ EST] ESTRATÉGIAS. Na ficha vemos os demais projetos associados aos projetos de Regina Melim e uma sugestão de leituras aproximadas com projetos semelhantes e/ou que agenciam participações na forma de montagens, e ativam criticamente a ação do artista quando friccionada com práticas de curadoria, como textos e projetos dos quais participam e/ou organizam Carla Zaccanini e Ricardo Basbaum.

colecao julia amaral 02675

IMAGEM DE JULIA AMARAL

colecao mabe 02670

PROPOSIÇÃO DE MABE BETHONICO

[texto de regina melim]

coleção

cada artista é representado por um carimbo confeccionado mediante suas instruções, uma almofada com tinta de impressão e um bloquinho de folhas, cujo verso traz indicações sobre o trabalho e o propositor.

expostos sobre uma mesa, os carimbos ficam à disposição do público, que poderá realizar sua própria coleção imprimindo-os nas folhas correspondentes, inserir na embalagem destinada para este fim e, finalmente, levar consigo a (sua) exposição.

desde o início deste projeto, a idéia foi pensar num tipo de dispositivo curatorial que intensificasse a participação do público. da mesma forma, a difusão e circulação dos trabalhos, que neste caso passaram a ser vislumbrados muito mais como proposições, como algo que estaria à disposição de qualquer um para ser realizado.

a motivação por realizar esta exposição surgiu também da confrontação de que carimbos são para nossa cultura um tipo de certificado, utilizado para “tatuar” nossos documentos garantindo-lhes exatidão e autenticidade. e foi com essa apropriação, ironicamente sancionada por Paulo Bruscky, que nos lançamos sob a sua chancela de que está confirmado, é arte.

regina melim

convite_e-mail

CONVITE ENVIADO POR E-MAIL

COLEÇÃO em belem

EXPOSIÇÃO EM BELÉM

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Sobre

Este blog apresenta parte do Arquivo de emergência, uma pesquisa/arquivo desenvolvida entre 2005 e 2010 por A Arquivista e Cristina Ribas. O Arquivo de emergência existe/existiu como arquivo real para documentos produzidos a partir de práticas artísticas, comunicativas, expressivas, realizadas no Brasil a partir de meados dos anos 2000. Nas páginas do blog você encontra artigos de Cristina Ribas e A Arquivista, detalhes sobre o sistema de arquivamento e os conceitos do Arquivo, assim como imagens de exposições e montagens do Arquivo. Parte dos documentos disponíveis no Arquivo de emergência estão agora on line na plataforma Desarquivo.org.

Desarquive

Visitas

  • 23,226 visitas

Comentários


%d blogueiros gostam disto: